quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

2020 JA CHEGOU !! EM BREVE UMA NOVA PROGRAMAÇÃO COM MUITA MUSICA E INFORMAÇÃO DIA 01 FEVEREIRO COMEÇA PROGRAMAÇÃO DE 2 HORAS COM ELVIS PRESLEY

RÁDIO MK2STUDIOUberlândia - MG - Brasil
Ouça ao vivo !!

Prefeitura e Engie assinam contrato da PPP da Iluminação Pública

Prefeitura e Engie assinam contrato da PPP da Iluminação Pública
Multinacional francesa do setor de energia elétrica venceu a licitação, realizada em novembro de 2019, com a apresentação da menor proposta 

Valter de Paula/Secretaria de Governo e Comunicação

A modernização da iluminação pública é uma das prioridades da Prefeitura de Uberlândia. A partir desta quinta-feira (23), uma iniciativa histórica para o setor tornou-se uma realidade. A gestão municipal assinou um contrato de Parceria Público-Privada (PPP) com a Engie Brasil, subsidiária no país da multinacional francesa Engie. O ato foi selado durante cerimônia no Centro Administrativo Municipal, na qual o prefeito Odelmo Leão recebeu os executivos da empresa, que venceu a licitação em novembro do ano passado.

“Essa concessão pioneira não vai gerar nenhum custo adicional ao Município nem à população. Ao final de todo o processo, teremos ruas mais iluminadas, o que vai proporcionar mais segurança e qualidade de vida, porque reduziremos também a emissão de gás carbônico”, disse o prefeito Odelmo Leão.

A assinatura do contrato foi acompanhada por lideranças de bairros e associações de bairros de todas as regiões da cidade, representantes de diversos órgãos e instituições públicas e privadas, vereadores e servidores municipais.

Concessão administrativa

A Engie assume o contrato por meio da Engie Soluções Cidades Inteligentes e Infraestrutura de Uberlândia S.A. após apresentar o menor valor de contraprestação mensal entre as 11 propostas habilitadas em licitação. Ao custo de R$ 1.063.744,79 por mês, oriundos de parte da Contribuição da Iluminação Pública (CIP) já paga pelo consumidor na conta de energia elétrica, a empresa terá a concessão administrativa na exploração dos serviços de modernização, eficientização, expansão, operação e manutenção da infraestrutura da rede de iluminação pública de Uberlândia.

A concretização da PPP da Iluminação só foi possível devido a um grande trabalho de equipe do grupo multidisciplinar criado dentro do Comitê Gestor de PPP, que envolveu servidores da Procuradoria Geral do Município e das secretarias municipais de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, Gestão Estratégica e Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo. Além de todos os estudos técnicos e jurídico realizados por meio do comitê, a administração municipal ainda promoveu audiência e consulta públicas antes de iniciar o processo licitatório. 

“É um dos maiores investimentos de Uberlândia e certamente um dos mais importantes passos nesse trabalho de melhoria da qualidade de vida da população. Estamos vendo aqui a concretização de um trabalho que temos desenvolvido desde 2010, ainda na gestão anterior do prefeito Odelmo Leão”, afirmou João Júnior, secretário municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, pasta à frente da gestão do contrato.

Valter de Paula/Secretaria de Governo e Comunicação

Economia, segurança e qualidade no serviço

Entre os compromissos assumidos pela concessionária estão a troca da iluminação pública pelo sistema mais moderno existente no prazo de até 21 meses (com substituição de aproximadamente 87 mil lâmpadas) e economia de no mínimo 49,39% no consumo de energia pública.

Também estão entre as obrigações da contratada o controle remoto da iluminação em pelo menos 23% da cidade (telegestão) em até 21 meses, iluminação de destaque em 12 espaços históricos em até três anos, ampliação do número de postes, expansão anual de 550 pontos de luz e melhoria da iluminação em locais de acessibilidade (como as rampas das calçadas), entre outras ações que colocarão a cidade dentro dos padrões da norma vigente para o setor, a ABNT NBR 5101.

“É um projeto bastante ousado por parte da Prefeitura. A gente não tem nenhum município de grande porte no Brasil com os equipamentos e iluminação e alta tecnologia que vão ser aplicados em Uberlândia”, disse o diretor da Engie, Guilherme Azambuja. “Temos um belo trabalho, um grande desafio pela frente.”

Valter de Paula/Secretaria de Governo e Comunicação
Início das operações

Ao assumir o contrato, a Engie terá de 30 a 45 dias para montar uma Central de Controle e Operação provisória (CCO), aprovar o plano de transição (assumindo o serviço no lugar dos contratos em vigor) e iniciar as devidas aprovações de projetos, que devem ser submetidos e aprovados junto à Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

Após a etapa de transição, terá início o processo de modernização de iluminação pública, que, conforme a NBR 5101 (que regulamenta o setor), deve priorizar as vias de maior classificação viária (V1 e V2) e as vias de maior vulnerabilidade (maior risco de segurança e acidentes, localização em áreas com menores condições socioeconômicas, etc.)

São exemplos de vias V1 e V2 as avenidas Rondon Pacheco, Segismundo Pereira, João Naves de Ávila e João Pinheiro, dentre outras. Essa classificação leva em consideração vários aspectos, sendo que o principal é o fluxo de veículos.

Na primeira etapa da modernização, que contemplará a substituição de 50% das lâmpadas (cerca de 43.500 pontos de luz) em até nove meses, metade do serviço atenderá vias V1 e V2 e a outra metade será feita nas vias de maior vulnerabilidade.

Confira quais os espaços históricos que receberão iluminação de destaque por ordem de prioridade:

1. Complexo do Parque do Sabiá;
2. Centro Administrativo, Câmara Municipal e Praça Cívica;
3. Praça Tubal Vilela;
4. Praça Clarimundo Carneiro e Museu Municipal;
5. Praça Rui Barbosa e Igreja do Rosário;
6. Teatro Municipal;
7. Museu Escola Estadual de Uberlândia;
8. Casa de Cultura;
9. Elevado da Avenida João Naves de Ávila;
10. Mercado Municipal;
11. Praça da Bíblia e Rodoviária;
12. Praça Professor Jacy de Assis – Espaço Cultural - Antigo Fórum.


23/01/2019
Daniela Ayres
(34) 3239-2441

Comunicado

Comunicado
A Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos informa que, nesta semana, a entrega das cestas do Pró-Pão aos beneficiários precisou ser, momentaneamente, suspensa. O motivo foi o atraso da entrega dos itens por parte do fornecedor. A previsão é que o serviço seja normalizado o mais rápido possível. Em caso de dúvida, o beneficiário pode contatar a Prefeitura pelo telefone 3232-4336.

O Município reforça, mais uma vez, o seu compromisso com os beneficiários do Pró-Pão. Em junho do ano passado, a administração municipal aumentou o subsídio do programa de 20% para 40% do valor total da cesta, evitando que as famílias pagassem um preço maior pelo benefício.

23/01/2020
Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Prazo de licitação de lotes do Polo Tecnológico Sul começa sexta (24)

Prazo de licitação de lotes do Polo Tecnológico Sul começa sexta (24)
Primeira etapa da concorrência pública voltada a empresas de base tecnológica contempla 15 áreas

 
Foto: Marlúcio Ferreira

Interessados em adquirir um lote no Polo Tecnológico Sul devem ficar atentos: o prazo para a licitação de 15 áreas do primeiro loteamento empresarial público de Uberlândia começa nesta sexta-feira (24). A primeira etapa do processo licitatório, na modalidade concorrência pública, está previsto para acontecer no dia 3 de março. Até essa data, empresas de base tecnológica podem fazer visitas programadas aos terrenos. Com a comercialização dos imóveis, a Prefeitura estima arrecadar, pelo menos, cerca de R$ 7,5 milhões em até três anos. (Clique aqui e saiba mais)
“Temos trabalhado continuamente para manter fortalecida a economia de nossa cidade e o Polo Tecnológico Sul é a concretização de uma parte importante desse nosso compromisso. É o primeiro loteamento empresarial público do município e, portanto, vai ser um incentivo a mais para investimentos inovadores que possam nos ajudar no desenvolvimento de Uberlândia. Em outubro, eu assinei a ordem de serviço para as obras de infraestrutura e em breve o Polo estará pronto para ser entregue aos vencedores da licitação dos lotes”, disse o prefeito Odelmo Leão.

Incentivo à inovação
Localizado no bairro Gávea, o Polo Tecnológico Sul foi formalizado junto com o programa “Inova Uberlândia”, cuja lei de apoio às empresas de base tecnológica foi sancionada em 2017 e passou por adequações em junho do ano passado. O projeto é conduzido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo (Sedeit) e compreende uma área de 152 mil metros quadrados (m²) localizada no prolongamento da rua da Carioca.
Conforme o edital, cada candidato terá direito a concorrer a todos os lotes, mas poderá adquirir apenas um. O critério para a compra do imóvel é o de maior oferta e, para participar do processo licitatório, é preciso apresentar um caução equivalente a 5% do valor mínimo definido em edital para a área de interesse. O documento ainda destaca, atendendo à Lei Complementar Federal 123/2006 e suas alterações, que dois dos lotes serão exclusivos para concorrência entre micro e pequenas empresas (MPE).
O edital da primeira etapa de licitação de lotes do Polo Tecnológico Sul prevê incentivos fiscais para os compradores mediante encargos. Um dos benefícios concedidos pela Prefeitura de Uberlândia é o desconto de 40% sobre o valor utilizado como referência para o preço de negociação do imóvel. Por sua vez, o investimento feito pelo comprador na construção dentro de sua terá que ser, ao menos, equivalente ao valor subsidiado.
            As empresas vencedoras da licitação ainda terão isenção do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e, pelo prazo de 120 meses a partir da construção, do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), mediante contrapartidas. O pagamento pelo terreno poderá ser dividido em até 36 parcelas, mas quem pagar à vista obterá 10% de desconto, desde que o valor resultante não seja inferior ao mínimo usado de referência no processo.

Visita técnica
            A Sedeit acompanhará os interessados em visitas técnicas ao Polo, que serão realizadas às terças e quintas-feiras, das 14h às 17h, até a véspera da abertura dos envelopes de habilitação. A empresa deve agendar a visita com no mínimo 24h de antecedência, pelo e-mail sedeit@uberlandia.mg.gov.br, indicando a data e a hora pretendidas.
            Dúvidas sobre a licitação podem ser tiradas pelo e-mail licitacoespmu@uberlandia.mg.gov.brou por escrito ao presidente da Comissão Permanente de Licitação, na Diretoria de Compras.

Saiba mais sobre o Polo Tecnológico:

Obra de infraestrutura básica do Polo Tecnológico: deve ser concluída no primeiro semestre de 2020 para receber empresas de base tecnológica distribuídas entre 32 lotes.
Qual a etapa atual: lançamento do edital da primeira etapa de venda, que vai contemplar 15 lotes. O edital segue a lei federal 8.666/93 e é baseado na lei complementar municipal 629/2017 e suas alterações e no decreto municipal 18.306/2019.
Quem pode concorrer: empresas de base tecnológica nos termos da legislação, cuja Classificação Nacional de Atividades Econômicas (Cnae) consta do decreto municipal 18.306/2019, que regimentou o programa “Inova Uberlândia”. A interessada também não pode ser declarada inidônea, suspensa ou impedida de licitar ou contratar com órgãos públicos de qualquer esfera.

Como será?

- Da parte da Prefeitura:
a) Dos 15 lotes, dois serão vendidos exclusivamente para MPEs
b) O edital terá vigência de 40 dias a partir de 24 de janeiro.
c) Visitas técnicas: às terças e quintas, das 14h às 17h, durante a vigência do edital e mediante agendamento junto à Sedeit.
d) A Prefeitura vai conceder desconto de 40% sobre o valor utilizado como referência para negociação do lote e conceder dois incentivos fiscais ao adquirente: isenção de ITBI e, durante 120 meses, a contar da construção pronta do empreendimento, isenção de IPTU, mediante contrapartidas.


- Da parte da empresa concorrente:
a) As empresas têm direito a concorrer a todos os lotes, mas só podem levar um.
b) Para concorrer à compra, o interessado deve dar um caução equivalente a 5% do valor mínimo para alienação com pagamento à vista.
c) A empresa vencedora poderá quitar o lote à vista, com 10% de desconto, ou em até 36 meses, sem desconto, com correção anual pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).
d) Encargos: o valor equivalente ao subsidiado pela Prefeitura no terreno deve ser investido na construção do empreendimento; o prazo para a conclusão da construção está limitado ao mínimo de 18 meses e máximo de 36 meses, dependendo da metragem do imóvel adquirido; o início dos investimentos deve se dar até seis meses após a Prefeitura entregar o loteamento com as obras de infraestrutura concluídas.


21/01/2020
Daniela Ayres
imprensa@uberlandia.mg.gov.br
3239-2441

IPTU 2020 terá desconto para pagamentos antecipados

   IPTU 2020 terá desconto para pagamentos antecipados
Contribuinte poderá obter até 10% de desconto à vista

As diretrizes do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2020 de Uberlândia foram publicadas no Diário Oficial do Município desta segunda-feira (20). Serão mantidas as regras do exercício anterior, pelas quais haverá desconto no pagamento em parcela única.

Para isso, os contribuintes devem ficar atentos às datas de vencimento: 28 de fevereiro (com desconto de 10%), 31 de março (para desconto de 8%) e 17 de abril (para abatimento de 5% no valor total do imposto). Depois desse período, será possível pagar o valor à vista, mas sem desconto, até 30 de abril.

Já o parcelamento do imposto poderá ser feito em até seis vezes, com o primeiro vencimento para 30 de abril e as subsequentes parcelas nos dias 29 de maio, 30 de junho, 31 de julho, 28 de agosto e 30 de setembro. O parcelamento só não ocorrerá para o tributo com valor inferior a R$ 78,28. O carnê do IPTU de Uberlândia começará a ser distribuído em fevereiro e poderá ser pago em toda a rede bancária credenciada junto à Prefeitura e nas casas lotéricas.

2ª via do carnê

Em muitas situações, a mudança de endereço não é comunicada à Prefeitura. Por isso é importante o morador conferir os dados da guia para ver se estão de acordo com o titular do tributo e a propriedade. Caso esteja em desacordo, o contribuinte deve descartar aquele carnê e pedir uma segunda via.

Para emitir a segunda via do carnê, basta acessar o portal da Prefeitura de Uberlândia e clicar no link IPTU2020 localizado na página principal do sítio eletrônico.  A guia também pode ser emitida pela equipe da Plataforma de Atendimento existente no piso térreo do Centro Administrativo Virgílio Galassi. Para obter o serviço, é preciso marcar um horário por meio do agendamento online.

Confira as datas de vencimento da parcela única do IPTU 2020:
           
Data de vencimento da parcela única do IPTU 2020
Desconto
28/02
10%
31/03
8%
17/04
5%

Mais informações sobre o IPTU 2020 podem ser conferidas no Diário Oficial do Município


21/01/20
Fillipe Alves

Capim Branco alcança 95% da parte civil concluída

Capim Branco alcança 95% da parte civil concluída
Vice-Prefeito e diretor geral do Dmae, Paulo Sérgio Ferreira, fez uma visita técnica às instalações do sistema produtor de água
Foto: Comunicação Dmae

A parte civil da obra do Sistema Capim Branco, localizado próximo a comunidade da Tenda do Moreno, está 95% concluída. Também já está em fase avançada a montagem dos equipamentos, com mais de 90% de conclusão. Na manhã desta quarta-feira (22), por determinação do prefeito Odelmo Leão, o vice-prefeito e diretor geral do Dmae, Paulo Sérgio Ferreira, fez uma visita técnica à obra. Uma vez que esta é uma das obras prioritárias da gestão municipal.

Paulo Sérgio Ferreira comemorou o estágio evoluído da obra. “A visita foi positiva, verifiquei in loco a estrutura já construída e a instalação dos últimos equipamentos. Vamos cumprir o cronograma previsto, com o término da parte civil e início da fase de testes agora em maio”, destacou.

Após a conclusão da primeira etapa, o Capim Branco, aliado aos sistemas Bom Jardim e Sucupira, terão capacidade para fornecer água para 1,5 milhão de habitantes. Neste momento, a quatro meses da etapa de pré-operação, as equipes trabalham na  impermeabilização das instalações da Estação de Tratamento de Água (ETA) Capim Branco, que já está com mais de 90% concluída. Além disso, as equipes trabalham na instalação dos módulos do decantador e do sistema de filtração composto de crepina, cascalho e areia.

Foto: Comunicação Dmae 

O vice-prefeito explicou, ainda, que a impermeabilização é uma etapa importante, com finalidade de evitar vazamentos na estrutura de concreto. “A etapa de montagem dos equipamentos é um trabalho que exige precisão, sendo menos visível que as obras civis. Estamos acompanhando cada uma dessas etapas, uma vez que nosso principal objetivo é produzir água de qualidade para a nossa cidade”, afirmou. 

Capim Branco
O sistema começou a ser idealizado em 1995, sendo retomado e financiado em 2012, durante o segundo mandato do prefeito Odelmo Leão. As obras seguem em estágio avançado com a parte civil praticamente concluída. O investimento da primeira etapa, cuja previsão de entrega é em 2020, será de aproximadamente R$ 336 milhões, financiados e repassados em parcelas pela Caixa conforme o andamento dos trabalhos.


22/01/2020
Leonardo Leal
(34)3233-4309/4310/4318

domingo, 19 de janeiro de 2020

Passagem de ônibus tem menor reajuste dos últimos seis anos

Passagem de ônibus tem menor reajuste dos últimos seis anos
Com recomposição de 4,6%, seguindo a inflação, tarifa passa a vigorar no valor de R$ 4,50 a partir de segunda-feira (20)

Considerando que o reajuste e a revisão tarifária estão previstos em todo contrato de concessão visando termos como a manutenção do equilíbrio econômico, conforme a Lei Federal nº 8.987/95, foi validado o novo valor da tarifa do Sistema Integrado de Transporte (SIT) de Uberlândia para 2020. A passagem de ônibus passa a vigorar, a partir da zero hora da próxima segunda-feira (20), no valor de R$ 4,50. O montante representa, de forma real, um reajuste de 4,65%, seguindo como base a inflação registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) em 2019, de 4,48%. O reajuste é o menor desde 2013.

O novo valor foi definido depois de uma análise técnica detalhada da operação do Sistema Integrado de Transporte (SIT) durante 2019. As empresas concessionárias pediram reajuste de 16,28% para 2020, o que elevaria a tarifa para R$ 5, mas a solicitação não foi aceita pelo prefeito Odelmo Leão. Isso porque, segundo o estudo técnico, esse índice não representaria o custo real do sistema.

Para chegar à esse reajuste, a Comissão de Acompanhamento do Serviço Público do Transporte de Passageiro (conforme estabelece o Decreto 14.655/14) considerou dados como a redução de 5,1% no número de passageiros e o aumento de 2,4% de quilômetros rodados, bem como o combustível, que também ficou 3,7% mais caro. Também foi considerada a renovação de parte da frota no último ano.

A planilha validada que resultou na nova tarifa também foi enviada para análise e conhecimento do Ministério Público Estadual (MPE) em Uberlândia, por meio da promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor. "A nossa fiscalização é feita de forma efetiva para que o serviço seja de qualidade, ofertando conforto e segurança para o usuário. Destacamos ainda a renovação de mais de 60 veículos no último ano, que qualifica ainda mais o serviço”, afirmou o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Divonei Gonçalves.

Histórico recente dos reajustes da tarifa de ônibus em Uberlândia.

Ano
Tarifa
Reajuste
2013 - 2014
R$ 2,70 para R$ 2,85
5,56%
2014 - 2015
R$ 2,85 para R$ 3,10
8,77%
2015 - 2016
R$ 3,10 para R$ 3,50
12,9%
2016 - 2017
R$ 3,50 para R$ 3,80
8,5%
2017 - 2018
R$ 3,80 para R$ 4,00
5,2%
2018 - 2019
R$ 4,00 para R$ 4,30
7,35%
2019 - 2020
R$ 4,30 para R$ 4,50
4,65%



Vinícius Romario
3239-2441

Defesa Civil dá dicas de segurança em caso de chuvas fortes

Defesa Civil dá dicas de segurança em caso de chuvas fortes
Alguns cuidados são essenciais para garantir o bem-estar da coletividade durante as precipitações

Secretaria Municipal de Governo e Comunicação 

            Janeiro é um mês que favorece a incidência de fortes chuvas na região de Uberlândia. Nesta quarta-feira (15), por exemplo, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) aponta possibilidade de precipitações no período da tarde. Por isso, a Defesa Civil, sempre disposta a garantir o bem-estar da comunidade, reitera dicas de segurança para serem adotadas por todos antes, durante e depois das chuvas.

Uma das orientações mais importantes é sempre acondicionar bem o lixo doméstico e colocá-lo em local adequado para a coleta. O descarte em locais não indicados favorece que os resíduos sejam levados pela água pluvial até a rede e, consequentemente, entupa bueiros e bocas de lobo. Isso pode ocasionar enxurradas e inundações, uma vez que a água não terá local para escoamento, além de gerar refugo (volta) do esgoto para as residências.

Na última semana, o prefeito Odelmo Leão se reuniu com a Comissão do Plano de Emergência Pluviométrica (PEP), formada por representantes de várias secretarias municipais, autarquias e membros dos órgãos de segurança. A intenção é justamente reforçar a atuação em caso de chuvas fortes. Na ocasião, também foi apresentada a nova cartilha desenvolvida pelo município.


Desta forma, em caso de situações de emergência, a população deve acionar imediatamente os órgãos competentes. “Estamos sempre à disposição da comunidade pelo telefone 193, prontos para intervir em qualquer situação. Há também a possibilidade de ligar para os bombeiros, no 193, e para a Polícia Militar, no 190”, reforçou o coordenador da Defesa Civil em Uberlândia, João Batista Afonso.

Confira algumas dicas da Defesa Civil:

ANTES DAS CHUVAS:
- Dê manutenção no telhado: desobstrua os canos da laje, limpe as calhas, confira se as telhas de amianto estão pregadas;
- Não jogue lixo ou entulho em bueiros, quintais e ruas. Sempre coloque os sacos de lixo nas lixeiras, evite deixá-los diretos na calçada.
- Reforce muros e paredes que tenham perigo de cair;
- Faça revisão nas instalações elétricas;
- Desligue os aparelhos elétricos, quando perceber chuvas fortes acompanhadas de raios;
- Coloquem em lugares altos, móveis e outros pertences, caso sua moradia esteja localizada em locais sujeitos a alagamento;
- Acompanhe os boletins de avisos e alertas dos Institutos de Meteorologia pela internet ou pelos órgãos da imprensa.

DURANTE AS CHUVAS:
- Mantenha-se atento aos níveis das águas;
- Mantenha as portas e janelas da casa fechadas para evitar entrada de ventos fortes e animais;
- Não se proteja embaixo de árvores, pois elas atraem raios e, se houver granizo, é aconselhável que as pessoas se protejam em lugares seguros, com boas coberturas;
- Não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos;
- Não se arrisque em atravessar à pé ou com veículos em ruas e pontes alagadas ou com enxurradas;
- Se sua casa estiver em risco de alagamento ou desabamento, chame imediatamente o a Defesa Civil  e  o Corpo de Bombeiros;
- Em caso de alagamento é recomendado evitar contato com as águas, pois além da contaminação que pode causar graves doenças, há também o risco de choque elétrico.

DEPOIS DAS CHUVAS:
- Verifique as instalações elétricas antes de ligá-las;
- Faça uma revisão de possíveis danos em sua moradia (paredes, telhados...);
- Cuidado com animais (aranhas, cobras e ratos em casa);
- Verifique se houve obstrução de ralos, bueiros e calhas.

ORIENTAÇÕES AOS MOTORISTAS:
- Evite trafegar em vias alagadas, procure sempre rotas alternativas ou aguarde a chuva passar em lugar seguro;
- Em dias nublados, evite deixar os veículos estacionados próximos a árvores, principalmente as mais antigas;
- Não estacione seu veículo em regiões íngremes e próximo a postes durante as chuvas;
- Durante a incidência de raios, a melhor proteção é permanecer no interior do veículo;
- Cheque o bom estado dos limpadores, da borracha das paletas e do motor dos limpadores;
- Certifique-se que o desembaçador está funcionando direito;
- Ligue as luzes durante uma chuva intensa (mesmo que seja dia claro) para que outros motoristas o vejam.

Para conferir mais informações, acesse aqui.

15/01/2020
Renato Faria
imprensa@uberlandia.mg.gov.br
3239-2721